Capacidade de abstração

“A inteligência, de fato, não se limita ao domínio dos fenômenos; embora, em consequência do pecado, esteja parcialmente obscurecida e debilitada, ela é capaz de atingir com certeza[1] a realidade inteligível” (Gaudium et Spes, 15).


[1] “Certeza” parece se referir mais a aquela “adesão firme e sem temor a uma verdade” (FILHO, Ives Gandra Martins. Manual Esquemático de Filosofia. 3. ed. São Paulo: SP. ed. LTr, 2006, p. 64, grifo do autor), que não é a verdade em si, mas um estado subjetivo de convencimento. Por isso, o trabalho da razão consiste também em revisar as próprias certezas, a fim de as confirmar e aperfeiçoar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s